Não tenho filosofia. Eu tenho poesia

Sobre "Enquanto os homens dormem"

 Compartilho com vocês, amigos e leitores, as palavras que minha amiga e escritora Jô Coelho escreveu em relação à história de "Enquanto os homens dormem". Imensa satisfação! Obrigada Jô!


No último final de semana, terminei minha fantástica viagem pelo mundo dos vampiros e lobos nascidos da imaginação da incrível Elayne Amorim. Foi uma aventura e tanto! Passeei por matas densas, visitei cidades, vi o mar de Paraty. Senti medo, raiva, compaixão, alegria, tristeza, aflição, serenidade, nojo, repugnância, mas senti muito amor também. Senti tudo o que um mortal pode sentir (e imortais também)... "Enquanto os homens dormem" é um livro mais que surpreendente: é envolvente, reflexivo, poético e é muito real. Como pode uma história de seres imortais, lendários, surreais parecer tão verdadeira? Eu, que nunca acreditei na existência de criaturas como lobisomens e vampiros, agora já não tenho tanta convicção de que eles não existam de fato. E aí está o mérito de Elayne: criou uma obra de ficção com tanta verdade que desperta no leitor todas as sensações de seus inúmeros e incríveis personagens e ainda nos desperta para questionamentos profundos, complexos e extremamente necessários. Nós, os seres humanos, a espécie mais evoluída, realmente somos tão evoluídos assim? Como pode um ser evoluído destruir sua própria espécie se não para a própria sobrevivência? O homem é o único ser que destrói a si mesmo por outros motivos: ganância, poder, inveja, ambição... destrói seu próprio ambiente e o de outras espécies e provoca o caos no céu, na terra, nos mares, no fundo dos oceanos. Esta é uma das mensagens deste livro, principalmente através da personagem Laica, o quanto é importante amar, valorizar e preservar a natureza. Sem sombra de dúvidas é um dos melhores livros do gênero que eu já tenha lido. Está de parabéns a nossa querida autora valenciana Elayne Amorim. Espero que mais e mais pessoas conheçam esta obra e se deliciem como eu me deliciei.
Jô Coelho

Caros amigos e leitores, quem tiver curiosidade de conhecer um pouco da história das nossas noites, o livro "Enquanto os homens dormem" está à venda na livraria Cia do Livro (ou pelo site da livraria); também pelo site de Editora Interagir.

Boa leitura! Deixe seu comentário, sua opinião sobre a história!

Postar um comentário