Não tenho filosofia. Eu tenho poesia

A vida é travessia




A vida é travessia.
Quem sabe um antes, um depois
não se sabe na verdade.
Tudo o que temos é a dúvida
e a certeza do agora.
Estamos sempre a atravessar.

Ao atravessar, vislumbra-se ao longe
um horizonte de possibilidades
e surpresas
estamos certos das incertezas
mas há esperança, há fé, há vontade que nos move.

Atravessa-se
ou se fica à margem
num para sempre interminável
de talvez não tanto sofrimento
mas também não tanta alegria
nem conquista
nem mudança.

Atravessa-se
e se vê o que há além.
Descoberta, aprendizado.
Só se sabe se atravessar.

Às vezes, olha-se para trás
o que ficou
o que se perdeu
o que se fracassou
o que já não mais é;
uma saudade
o que se ganhou
toda uma conquista
o que ainda pode ser.

Que esse olhar para trás
seja apenas um modo de se despedir
de se relembrar
de não repetir
aqueles mesmos erros
de se perceber
o quanto já se conseguiu
evoluir, aprender.

E prosseguir.

Porque a vida
é travessia.
Se não atravessarmos
ficaremos presos num para sempre
de nulas possibilidades
que só o agora
- rio contínuo -
nos oferece.

Portanto, coragem.
A travessia é vida que flui.
Não atravessá-la é perder a grande chance.

Elayne Amorim 

Imagem: Google
Postar um comentário